Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

Torres Novas recebe festival de artes performativas

 

A Quarta Parede organiza, desde 2003, o Festival Y – festival de artes performativas, que privilegia projectos transdisciplinares, que de alguma forma provocam a ruptura com as formas convencionais das várias disciplinas artísticas, o teatro, a música, a dança.
O Festival tem lugar nas cidades da Covilhã, Fundão, Guarda e este ano, pela primeira vez, em Torres Novas contribuindo significativamente para uma plataforma de passagem da arte contemporânea por estas cidades.
No âmbito do Festival, Torres Novas recebe dois espectáculos para todos, com linguagens distintas e em espaços diferentes.
Já no dia 1de Novembro, às 21h30 no Teatro Virgínia, a companhia Real Pelágio apresenta TRITONE, um espectáculo para toda a família. Após o sucesso de Casio Tone e de Subtone, este é o terceiro capítulo das aventuras da D. Domicília, naquela que foi considerada pelo Jornal Público uma das dez melhores produções de 2007.
Depois do problema da falta de espaço em casa e do tédio no seu trabalho solitário, Tritone é um hotel quase cápsula, dentro da qual a Senhora Domicilia irá passar umas férias que a vão deixar como nova, sem nunca sair do seu quarto! Toda a peça acontece num cenário minúsculo, numa registo trágico-cómico para todo o público.
Antes do espectáculo e em torno deste irão realizar-se oficinas de construção, desenho e colagem em centros de dia e escolas do 1º ciclo.

Este é um espectáculo para todos a partir dos 8 anos, com bilhetes a 7,5 €, com desconto para famílias (pais e filhos).

No fim-de-semana seguinte, o teatro de objectos OS FIOS QUE A LÃ TECE, viaja até Riachos, com três apresentações na Casa do Povo. Dia 7 de Novembro, para escolas, às 10h00 e 14h00 e no dia 8 de Novembro, às 10h30 para famílias.
Terceira criação da companhia Quarta Parede foi concebida a partir do universo da lã, transportando-nos desde os tempos mais remotos do aparecimento da indústria dos lanifícios até ao presente. Os “fios” são os condutores da história e das estórias e cada objecto acompanha as memórias das vidas, das pessoas e das suas vivências, num tempo que é de Inverno.

Uma hora antes da apresentação na Casa do Povo, acontecem oficinas de desenho e construção no Museu Agrícola de Riachos, cruzando a colecção deste, as suas ferramentas e a paisagem que estas teceram, com o universo do espectáculo.

Espectáculo para todos a partir dos 8 anos, com bilhetes a 3€ (espectáculo + oficina).

Para mais informações e marcações ligar o 249 839 309 (2ª a Sábado, entre as 13h00 e as 19h00) ou seducativo@teatrovirginia.com
 

publicado por ocheirodesantarem às 16:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. teste live

. O cheiro a silêncio em Sa...

. Debate EM DIRECTO entre o...

. Fotos 02/06

. Feira da Agricultura de 5...

. Deolinda em Torres Novas ...

. "Moranguitos" promovem tu...

. Bruno Nogueira filma "ske...

. Benfiquistas comemoram tí...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds