Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Distrito de Santarém recebe apoios para modernização do comércio



Os contratos MODCOM para o distrito de Santarém foram assinados na segunda-feira, dia 29, no Governo Civil local. A região foi uma das que melhores resultados teve tanto na apresentação como na aprovação de candidaturas, num sector que necessita de ser modernizado com vista à aproximação ao consumidor.

Inseridos na primeira fase do programa de Modernização do Comércio, foram 37 os projectos oficializados entre comerciantes e o Estado, através do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI), numa cerimónia presidida pelo Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, Fernando Serrasqueiro. O Governador Civil, Paulo Fonseca, mostrou-se satisfeito por Santarém ter sido um dos distritos mais activos a nível nacional, sendo sinal de uma «dinâmica» e de uma «ousadia comercial que é importante preservar e estimular». No conjunto das duas fases, foram aprovadas, no distrito de Santarém, 86 candidaturas, que representam a criação de 110 postos de trabalho, revelou já o Secretário de Estado. Entre projectos individuais e associativos, será efectuado um investimento total na ordem dos 2,1 milhões de euros.

Estes apoios servirão para a inovação do sector comercial, pretendendo-se que, segundo Fernando Serrasqueiro, possua uma «paisagem que seja muito equivalente à da Europa». O programa, custeado por fundos nacionais, não visa apenas o desenvolvimento em termos físicos, como sejam as novas tecnologias, mas também a aposta nos mecanismos de aproximação ao consumidor e na modernização dos conceitos de gestão. Actualmente, o acto da compra representa igualmente a aquisição de um estilo de vida, considerou o governante, para quem esta mudança de mentalidade provocou instabilidade no sector. Por isso, é necessário «criar condições para que o comércio que teve tradição em Portugal seja um comércio ao mesmo nível de modernização que aquele que hoje se instala», afirmou.

O comércio chamado tradicional só assim se manterá se for moderno. Foi esta a ideia defendida pelo Vogal do Concelho Directivo do IAPMEI. Para Miguel Cruz, apenas haverá avanço se houver aposta por parte dos empresários e das associações, num sector que tem peso significativo no Produto Interno Bruto do país e na criação de emprego. O comércio funciona como factor de fixação de pessoas e de atracção de investimento e, não apresentando grandes níveis de assimetrias ao nível nacional, possui também um impacto directo na economia.

O MODCOM veio complementar um outro programa, considerado pelo Secretário de Estado como um dos melhores em termos de apoio ao comércio, o URBCOM, que, no entanto, não permitia a apresentação de candidaturas individuais. Este procura estabelecer parcerias estratégicas envolvendo a Administração Central, as Câmaras Municipais e as associações comerciais, atribuindo ao comércio uma função social. Atracção, dinamismo e mobilidade são algumas das vantagens do sector comercial que Fernando Serrasqueiro vê como factores importantes para devolver a centralidade das cidades às suas zonas históricas, vítimas de um «urbanismo desordenado» e de um «planeamento menos conseguido». No âmbito do URBCOM, o distrito de Santarém tem três projectos aprovados: Mação, Rio Maior e Sardoal. O governante falou ainda de um outro sistema de apoio, as Unidades de Acompanhamento e Coordenação (UAC’s), que se destina à intermediação entre os comerciantes e as empresas prestadoras de serviços. Ou seja, o Estado financia equipas especializadas para a administração dos espaços físicos, encarregando-se, por exemplo, das actividades de limpeza, parqueamento e diversão. Neste aspecto, existem também na região duas candidaturas aprovadas: uma conjunta entre Abrantes, Constância, Mação e Sardoal e outra de Rio Maior.

Ao nível nacional, prevê-se o apoio a cerca de 1700 projectos no total das duas fases, que permitirão criar aproximadamente três mil postos de trabalho, num investimento de 40 milhões de euros.
publicado por ocheirodesantarem às 21:00
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Abrantes relembra Invasões Francesas

24 de Novembro o General  Junot vai voltar  a Abrantes. É a evocação dos 200 anos da chegada das tropas francesas à então vila de Abrantes, que aconteceu em 23 de Novembro de 1807. Nessa data,  Junot “estacionou” a vanguarda em Abrantes e ordenou ao juiz de fora, José Macedo Ferreira Pinto, que arranjasse “12 mil rações e 12 mil pares de sapatos”. Perante o facto, a história diz que Abrantes pediu às terras vizinhas que fizessem a maior quantidade possível de sapatos, tendo “os sapateiros trabalhado todo esse dia e noite e a população dado os sapatos que tinha para uso”.

No dia 24 será criada no Centro Histórico a envolvência alusiva à época, de forma a “Viver o tempo das Invasões”, através da reconstituição histórica da passagem das tropas francesas por Abrantes, com a recriação de alguns dos momentos chave (14h00). A iniciativa organizada pela Câmara Municipal, com a colaboração do Abrantes Fórum (Centro Comercial de Ar Livre) inclui um mercado à moda antiga que  começa por volta das 10.30 h e contará com a presença de figurantes, da comunidade escolar, de grupos folclóricos do concelho, associações,  grupo de teatro “Palha de Abrantes” e ainda a participação da Escola Prática de Cavalaria de Abrantes.

Nestes dois dias vai também decorrer o Festival “Ao pé da Arte” que é um desafio lançado às escolas em que estas são desafiadas a fazer sapatos criativos que poderão servir para, nos dias do evento, decorar as montras e o Centro Histórico de Abrantes.

Integrado no programa, a Biblioteca António Botto e o Museu D. Lopo de Almeida organizam, de 23 de Novembro de 2007 a 04 de Janeiro de 2008, uma exposição alusiva aos 200 anos das invasões francesas.

A 23 de Novembro decorrerá na Biblioteca António Botto, a partir 21h00, um colóquio  alusivo ao tema com as seguintes intervenções:

“Custos humanos das invasões francesas em Abrantes”, pelo Professor, Doutor Joaquim Candeias da Silva;

“Abrantes no contexto da 1ª invasão francesa”, pelo Tenente Coronel António Lopes Pires Nunes;

“ O impacto geral das invasões francesas na (re) definição do novo Portugal oitocentista” pelo Professor Doutor José Miguel Sardica.

música: a francesinhas
publicado por ocheirodesantarem às 20:57
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

Rugby da Lousã treina em Abrantes

O Rugby Clube da Lousã realiza um estágio na Cidade Desportiva de Abrantes, sábado, dia 3 de Novembro. A equipa, composta por cerca de 25 atletas, treina de manhã, a partir das 10h00, no Campo nº 3 (Basebol). À tarde, a partir das 17h00, realiza-se um jogo treino com o Belas Rugby Clube. As infra-estruturas da Cidade Desportiva são palco frequente de estágios nesta modalidade por parte de equipas nacionais bem como das selecções de sub 17 de Portugal, Espanha e Andorra. Esta é a primeira vez que o Rugby Clube da Lousã vem estagiar a Abrantes.
publicado por ocheirodesantarem às 20:59
link do post | comentar | favorito
|

Os templários em Almourol

publicado por ocheirodesantarem às 16:22
link do post | comentar | favorito
|

Arte da Fuga no Sá da Bandeira


“Por princípio toda a obra de arte foi sempre reproduzível”. A frase, de Walter Benjamim, pode muito bem servir de justificativo para o espectáculo de dança “A Arte da Fuga”, criado por Rui Lopes Graça com base na peça musical homónima de Johann Sebastian Bach, que vai estar em Santarém, no dia 3 de Novembro, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira.

 

Na sequência de um convite da Artemrede, Rui Lopes Graça inspirou-se na famosa composição para cravo de Bach, escrita em 1942, para dar vida a uma coreografia interpretada por oito bailarinos da companhia que dirige, da Companhia de Dança de Almada, da Companhia de Dança Contemporânea de Sintra e da Dançarte /Passos e Compassos.  

 

O espectáculo, segundo o coreógrafo, procura “criar um equilíbrio entre a forma global da partitura e o ingrediente da criatividade individual” para obter “uma síntese entre a estrutura formar e o conteúdo emocional”. 

 

O coreógrafo e director artístico diz ainda “se por vezes levamos ao extremo a tradução do movimento da estrutura musical, noutra ocasiões, abandonamos essa estrutura e lógica musical. Tentamos encontrar um percurso revelador de um ponto emocional presente em toda a obra para que pudéssemos encontrar um fio condutor. Como imagens soltas, os episódios sucedem-se numa cadência, sem que entre eles haja uma ligação ou implicação”.

 

Rui Lopes Graça – que se formou como bailarino, nomeadamente, no Ballet Gulbenkian e na Companhia Nacional de Bailado – criou a sua própria companhia em 2004, estreando-se no teatro Camões com “Antídoto”, em colaboração com o escritor José Luís Peixoto.

 

Com figurinos de Dino Alves, desenho de luz de Jorge Ribeiro e produção de Sandro Beirós, o espectáculo custa 8 euros. Os bilhetes podem ser adquiridos na Bilheteira do Teatro Sá da Bandeira.

publicado por ocheirodesantarem às 10:28
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 28 de Outubro de 2007

Requiem de Gabriel Fauré em Santarém

A Sé Catedral vai ser palco da interpretação do Requiem de Gabriel Fauré, compositor, pedagogo e pianista francês, no próximo dia 2 de Novembro, às 21h30, pelo Coro Ricercare e pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa.

 

A versão apresentada é a de 1893, tem 7 andamentos: 1° Introito e Kyrie, 2° Ofertório, 3° Sanctus, 4° Pie Jesu, 5° Agnus Dei, 6° Libera me e 7° In Paradisum, e uma composição instrumental simples e discreta: violetas e violoncelos em divisi, contrabaixos, violino solo, orgão, harpa, 4 trompas e tímpanos.

 

Fauré definiu o seu Requiem como "lI est d'un caractere doux comme moi-même", o que demonstra uma cisão com a visão e leitura tradicionais da missa de defuntos.

 

À medida que a obra vai sendo interpretada, o espectador poderá sentir toda a unidade da música veiculada palavra-ideia – repouso, que desempenha a articulação das várias secções, funcionando como um grande quadro mental onde se estrutura todo um universo de símbolos, toda uma imagética musical.

 

A ausência de violinos, das madeiras e dos metais, contribui para uma sonoridade própria, doce e envolvente. De tal forma discreto, que este Requiem parece ser destinado a uma utilização litúrgica, apesar de ter garantido um nicho estável nas salas de concerto.

 

A obra foi estreada em 16 de Janeiro de 1888, em ''La Madeleine", num serviço fúnebre, em que cantou o coro, acompanhado por uma pequena orquestra e dirigidos pelo autor.

publicado por ocheirodesantarem às 10:35
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

Steel Drumming toca Zeca Afonso em Abrantes


O espectáculo de percussão “Steel Drumming” presta homenagem a Zeca Afonso, hoje, no Cine-Teatro S. Pedro, em Abrantes, pelas 21h30.

Neste projecto o grupo de percussão “Drumming” apresenta-se com uma nova faceta cuja particularidade é fazerem dos tambores de aço – as chamadas Steel Drums – os seus instrumentos, permitindo uma maior possibilidade rítmica, melódica e harmónica.

O que o “Steel Drumming” se propõe a realizar neste espectáculo, com duração aproximada de 60 minutos, é a prestação de um tributo a uma das figuras mais influentes da música e cultura portuguesas. Para isso desafiaram-se a criar novos arranjos para temas originais de Zeca Afonso, feitos pelos próprios elementos do grupo, bem como por reconhecidos músicos portugueses como Bernardo Sassetti, Pedro Moreira, António Augusto Aguiar, Mário Laginha, Vasco Mendonça e Telmo Marques.
sinto-me:
publicado por ocheirodesantarem às 00:00
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

Jornal O Ribatejo oferece bilhetes para o teatro



O Jornal "O Ribatejo"oferece 5 bilhetes para a peça de teatro “Noite Branca”, do grupo Canadiano “Corpus”, que sobe ao palco do teatro Sá da Bandeira, em Santarém, na quarta-feira, dia 31, pelas 21h30. Os primeiros cinco leitores que se apresentarem na bilheteira do Teatro, no dia do espectáculo, com um exemplar da edição do jornal O Ribatejo desta semana (nº1147), recebem um bilhete gratuito.


“Noite Branca” é um trabalho conjunto completo que segue seis insones durante uma noite sem sono e de sonhos acordados. É uma dança de insones numa aventura nocturna que agrada tanto a crianças como a adultos onde emergem surpresas visuais. Combina dança contemporânea, teatro físico e comédia, levando o espectador numa viagem fantástica através do território bizarro e familiar do subconsciente adormecido. O bilhete custa 8 euros. 

publicado por ocheirodesantarem às 10:36
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

Concerto da Orquestra Metropolitana de Lisboa em Santarém

A Orquestra Metropolitana de Lisboa vai estar em Santarém para um concerto integrado no Ciclo de diálogos, no dia 27 de Outubro, às 21h30, na Igreja da Graça em Santarém.


O concerto conta com a soprano Dora Rodrigues e o maestro Michael Zilm.

publicado por ocheirodesantarem às 10:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Feira de doçaria tradicional em abrantes



A 6.ª edição da Feira Nacional de Doçaria Tradicional decorre no Centro Histórico de Abrantes, nos dias 26, 27 e 28 de Outubro, no “edifício dos CLARAS” (antiga Rodoviária).


 


publicado por ocheirodesantarem às 09:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. teste live

. O cheiro a silêncio em Sa...

. Debate EM DIRECTO entre o...

. Fotos 02/06

. Feira da Agricultura de 5...

. Deolinda em Torres Novas ...

. "Moranguitos" promovem tu...

. Bruno Nogueira filma "ske...

. Benfiquistas comemoram tí...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds