Terça-feira, 25 de Maio de 2010

Deolinda em Torres Novas - VÍDEO

Os Deolinda regressam ao palco do Teatro Virgínia em Torres Novas, para um espectáculo de apresentação do seu novo disco "Dois selos e um carimbo", no próximo dia 5 de Junho, às 21h30.

 

Antes de iniciarem a tourné nacional, os Deolinda escolheram o teatro de Torres Novas para ensaiarem o novo espectáculo.

A TV Ribatejo esteve com eles e publica esta reportagem em vídeo.

 

 

publicado por Bruno Oliveira às 12:03
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Abril de 2010

Paulo de Carvalho actua no Cartaxo

 

Paulo de Carvalho vai subir ao palco do Centro Cultural do Cartaxo no dia 17 de Abril, às 21h30, para um espectáculo onde vai recordar temas que marcaram a sua carreira musical.

 

O cantor, acompanhado pelo músico cubano Victor Zamora, vai partilhar no Cartaxo canções e experiências, criando uma esfera íntima e próxima do público, que terá oportunidade de ouvir temas como “Cacilheiro”, “O Fado”, “Sodade”, “É Morna”, “Mãe Negra”, “Meninos do Huambo”, “O Meu Mundo Inteiro” e “Depois do Adeus”, entre outros.

publicado por Bruno Oliveira às 09:32
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Tiago Bettencourt apresenta disco no Sá da Bandeira em Santarém

Tiago Bettencourt sobe ao palco do Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, dia 25 de Março, às 21h30.

“Em Fuga” é o nome do novo disco do cantor, conhecido por vocalista dos Toranja mas  que por mérito próprio se afirma cada vez mais como cantor a solo, sem deixar cair a sua Mantha, a equipa técnica liderada pelo produtor dos Arcade Fire, Howard Bilerman. Com este novo disco de originais, gravado entre Lisboa e Montereal, Tiago Bettencourt conta com antigos e novos companheiros, desde Inês Castelo-Branco a Pedro Gonçalves, passando pelos habituais João Lencastre na bateria e Tiago Maia no baixo e guitarras. Uma das novidades é Benny Lackner, pianista e Marc Seguin, o conhecido artista plástico, responsável pelo artwork do disco.

 

Num registo contínuo de “cantigas” de amor para verdadeiras musas, o disco de originais chega agora às bancas, prometendo ser mais um sucesso do cantor, depois de “O Jardim”, cd que saiu em 2007.

 

o cantor faz-se agora à estrada para iniciar a sua digressão de apresentação de “Em fuga” passando pelo Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, dia 25 de Março, às 21h30.

publicado por Bruno Oliveira às 14:26
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Just Girls dão concerto no Cnema em Santarém

 

Ainda no âmbito da ExpoCriança em Santarém, o grupo Just Girls vai dar um espectáculo, no Cnema, no próximo dia 17 de Abril, pelas 18 horas. Os bilhetes custam 7 euros para adultos e 5 euros para criança. Podem ser adquiridos no Cnema, através do telefone 243 300 300.

 

publicado por Bruno Oliveira às 13:58
link do post | comentar | favorito
|

Ídolos dão concerto em Santarém

Os 14 finalistas do programa Idolos actuam ao vivo no Centro Nacional de Exposições (CNEMA) no próximo dia 18 de Abril, pelas 17.00 horas, no âmbito da Expo Criança, certame que decorre entre os dias 15 e 18 de Abril. Uma oportunidade para assistir ao vivo às actuações dos participantes da última edição do programa Ídolos, nomeadamente o  vencedor Filipe Pinto e Diana Piedade.


Recorde-se que Expo Criança oferece em permanência actividades infantis que incluem jogos tradicionais, dinâmicas de grupo, construções, insufláveis, carrosséis, museus e videojogos. Para estimular uma boa alimentação e a prática de exercício físico entre os mais novos, estão programados dois ateliês de alimentação “Na cozinha com…” e “Comer 100 Dramas” e algumas actividades desportivas, tais como, rugby, yoga, equitação, patinagem, tiro com arco, mini-golfe e um simulador de remo.

 

Os bilhetes só para o concerto dos ídolos custam 15 euros (para plateia em pé) e 20 euros para lugar em bancada. Para comprar os bilhetes pode ligar para o 243 300 300 ou ir ao site do Cnema, em www.cnema.pt.

 

 

publicado por Bruno Oliveira às 13:54
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

Espectáculo solidário com cancro da mama em Benavente

O cine-teatro de Benavente apresenta dia 12 de Março, pelas 21h30, o concerto de apresentação de Jaqueline Barreto.  Um espectáculo cujas receitas revertem em parte para a Campanha de Angariação de Fundos da nova Sede da Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama, doença que vitimou recentemente a cantora brasileira.  Jaqueline Barreto acompanhada de Mauro Dilema no piano, para ver dia 12 de Março, em Benavente.
 

publicado por Bruno Oliveira às 14:14
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

O humor musical castiço de Samuel Úria no Cartaxo

Samuel Úria passará no dia 6 de Fevereiro, às 21h30 pelo palco do Centro Cultural do Cartaxo, onde apresentará o seu novo disco.

Com um humor castiço, uma despreocupação eloquente e dando mostras de um blues campesino, é esperado um espectáculo divertido e bem humorado que recuperará algumas musicas de “O caminho Ferroviário de Estreito, primeiro disco dos FlorCaveira, que data do ano 2003 e reunia 15 canções gravadas por Samuel Úria. Músicas que passaram ao lado dos ouvintes durante anos, até que em um público mais vasto o descobriu e as suas músicas para muitos se tornaram objecto de culto.

Actualmente, o cantor lançou “Nem Lhe Tocava”, álbum cuja edição vem a ser adiada há mais de um ano, mas que apresenta muitas mudanças no estilo musical de Samuel Úria. Com um estilo mais comercial, as suas músicas são mais suaves, directas, simples e fáceis de ouvir, numa mistura de música popular com “chicotadas de música alternativa, um primeiro disco “sério”, em parceria com a Valentim de Carvalho.

Com um trajecto musical que passa pelos discos e concertos em nome próprio, pelo punk-rock vintage, dos Velhas Glórias, e pelas filarmonias de Os Ninivitas. Depois das apostas em nomes como Noiserv, B Fachada ou Born a Lion, o Centro Cultural continua assim a apresentar artistas nacionais que emergem do palco musical contemporâneo.

publicado por Bruno Oliveira às 11:29
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

Uma lenda do jazz, Marc Copland, em Torres Novas

 

Marc Copland, vai pisar o palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, dia 6 de Fevereiro, às 21h30, para um espectáculo único em Portugal.

Um verdadeiro mestre na área do jazz, Marc Copland encara o piano a solo como se de uma espécie de confissão musical se tratasse, mostrando um momento, verdadeiramente intimista e sem pudores. Com um percurso invejável, o pianista natural de Filadélfia (1948), começou a sua carreira ainda jovem, durante os anos 60 como saxofonista, mas cedo se mudou para a arte das teclas, sendo considerado no final dos anos 80, um pianista com uma estética única, cujo tom funcionava como refracções em prisma, ou seja, um misto de música com um espectro tonal e “uma claridade cristalina”.

Considerado um dos mais inventivos e populares pianistas na cena do jazz internacional, Marc Copland tem cerca de 20 discos mundial, unanimemente aclamados, sendo o seu último álbum “Alone”, uma verdadeira obra de arte moderna.

Romântico, emocional, suave e imprevisível, assim será este concerto, marcado para dia 6 de Fevereiro, às 21h30, no Teatro Virgínia, em Torres Novas.

 

publicado por Bruno Oliveira às 14:11
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

The Legendary Tigerman em Santarém

 


Feminina é a nova afirmação do extraordinário talento de “The Legendary Tigerman” e chega dia 11Dezembro, às 21h30 ao teatro Sá da Bandeira em Santarém.

publicado por Bruno Oliveira às 12:15
link do post | comentar | favorito
|

Pedro Barroso encerra ciclo de grandes concertos em Torres Novas

 
Pedro Barroso, músico e cantor, em entrevista a O Ribatejo
 

O compositor Pedro Barroso actua no Teatro Virgínia, em Torres Novas, no próximo dia 12 de Dezembro, pelas 21h30.
A assinalar 40 anos de vida artística, numa celebração que é ao mesmo tempo um acto de evocação interior, o autor, cantor e compositor apresentará um espectáculo com as canções mais emblemáticas da sua carreira, que promete recuperar temas de ‘contemplação e resistência, a ternura, a portugalidade, a intervenção social, o erotismo, a utopia e a ironia social.

 

Como foi comemorar 40 anos de carreira?

Foi uma surpresa. Fiz espectáculos muito emotivos por todo o país e houve uma resposta inesperada, para mim, por parte do público. Acho que as pessoas sentem fome de algo diferente, de uma atitude musical independente como sempre tentei ter. Nunca fui oco, não fui em modas e se, no pós-25 de Abril a minha música - como a de outros – foi considerada popular, era porque sentíamos a necessidade de fazer música para ser entendida por todos, que chegasse ao país e não fosse apenas algo de uma meia dúzia de intelectuais. Depois cada um de nós evoluiu de acordo com a sua sensibilidade artística e hoje acho que a minha música é mais de intervenção filosófica.

 

Filosófica em que sentido?

Houve quem afirmasse que a revolução faz-se na cabeça das pessoas. Hoje há um tamanho grau de cinzentismo, de infelicidade, de desequilíbrio, que é muito importante procurar na intimidade das pessoas e na ternura formas de modificar o estado das coisas. É isso que tenho procurado fazer de acordo com o que é a minha forma criativa de ser um eterno utopista. É essa a minha forma de criar música, que é a de colocar palavras inteligentes em músicas bonitas.

 

Com um ano tão cheio de emoções, como diz, vai abandonar os grandes palcos nesta altura?

Há uma altura em que temos que ser honestos connosco próprios e com o público. Este espectáculo em Torres Novas será o último grande espectáculo mas vou continuar a compor, a fazer música, a gravar e a dar concertos, mas mais pequenos. Quero ter tempo para o Pedro Chora, o meu pseudónimo para a pintura, para dar uns passeios e para escrever mais. Aliás, saiu recentemente o meu quarto livro “Contos Anarquistas”.

Este concerto não é uma despedida. É apenas um último grande concerto, desses de mais de duas horas. São espectáculos que saem da alma, da garganta e do coração. É tempo de parar. Vou acabar com estes concertos antes que eles acabem comigo (risos). Não quero ficar a dever nada à qualidade e ao nome que construí.

 

Um concerto que quis fazer na sua terra…

Este concerto assinala exactamente o dia em que há 40 anos que estreei no Zip-Zip. Vai ser uma viagem a 40 anos de música, da que fiz e da que ainda que não gravei. Espero que todo o Ribatejo venha ver, desta pátria que é a minha e onde nunca cultivei qualquer tipo de “apartheid”. Sei das rivalidades entre Riachos e Torres Novas, mas se aqui faço o concerto, no Teatro Virgínia, é porque é hoje a principal sala do concelho e da cidade, aqui onde cresci e me fiz pessoa. Acredito que será um concerto de muitas emoções.

 

Disse que a afluência do público aos seus concertos foi inesperada. Acha que o seu trabalho tem sido bem tratado ao longo dos últimos anos?

Sinto que tenho um público fiel que gosta da minha música e que, inclusivamente, vem de longe para ver os meus concertos, como já aconteceu muitas vezes este ano. As rádios hoje funcionam num sistema de grupo de meios que passam os mesmos conteúdos em todos e que não apoiam algumas formas de música. Há muita falta de gosto na rádio e na televisão que se faz hoje em dia. Apesar de não me poder queixar muito da televisão este ano, até porque estive em vários canais a propósito desta comemoração dos 40 anos de carreira. Mas ainda assim, acho que falta um verdadeiro programa de televisão que seja de música, feito para músicos e pelos músicos.
Quanto a concertos, não me queixo de falta de trabalho. Nunca imaginei dar tantos concertos ou encher o S. Luiz em Lisboa num só ano. Era algo impensável há 10 anos e este ano isso aconteceu.

publicado por Bruno Oliveira às 12:12
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Deolinda em Torres Novas ...

. Paulo de Carvalho actua n...

. Tiago Bettencourt apresen...

. Just Girls dão concerto n...

. Ídolos dão concerto em Sa...

. Espectáculo solidário com...

. O humor musical castiço d...

. Uma lenda do jazz, Marc C...

. The Legendary Tigerman em...

. Pedro Barroso encerra cic...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds