Sábado, 1 de Maio de 2010

Mercado de época em Torres Novas - VÍDEO

publicado por Bruno Oliveira às 16:39
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

João Coração em Tomar

 

Trovador, voluntário, impetuoso, viola ou bandolim em punho, queixo erguido, entra pelos ouvidos e instala-se nos ossos. Assim é a música de João Coração, um verdadeiro cavalheiro com  canções cheias de sol e estrada que vieram para lavar a alma dos portugueses.

Com uma voz plácida, rica e melodiosa, cheia de instrumentos a seu redor, achou-se um legítimo herdeiro dos grandes trovadores portugueses, do charme Gainsbourg do bolero de Bryan Ferry e do roque da estrada 61.

João Coração, para ver em Lagares d’El Rei, Tomar, dia 23 de Janeiro, às 21h30.

publicado por Bruno Oliveira às 14:24
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

Teatro Virgínia aposta em projectos comunitários - Nova programação de Janeiro a Março

 

A nova programação do Teatro Virgínia, em Torres Novas, para este primeiro trimestre de 2010 engloba um conjunto de projectos voltados para a comunidade torrejana. Um dos projectos, o espectáculo “Dos Joelhos para Baixo – que vai a cena no dia 22 – envolve alunos do ensino secundário do concelho que são desafiados a pensar os locais da cidade que mais os marcam e como lidam com esses espaços.

Outros dos projectos que vai envolver a comunidade, é o espectáculo Lago dos Cisnes- que vai a cena dia 27 de Março, e que apela à participação de seniores com 50 ou mais anos para serem eles próprios a dançar este bailado clássico. Este trimestre começa também o projecto “Revisitar D. Manuel I” que vai recriar as cortes quinhentistas em Torres Novas de 30 de Abril a 2 de Maio mas que já em Março vai levar a história do foral da cidade às escolas através de três momentos dinamizados pelo museu, pelo próprio Teatro Virgínia e pela biblioteca. Em finais de Abril e inícios de Maio, a cidade vai-se vestir à época e fazer uma viagem no tempo para a recriação, em jeito de feira medieval, o tempo do rei D. Manuel I. Este projecto foi alvo de uma candidatura a apoios do QREN no valor de 200 mil euros.

Continua também o projecto “Panos” que desafia jovens do concelho a criarem um espectáculo de teatro, orientado pela encenadora Suzana Branco, e que vai estrear em Abril. O teatro mudou também a designação do seu serviço educativo para Lab Criativo, permitindo desta forma abranger outras idades que não só as crianças e jovens e alargar a actividade a outras experiências, como aquelas que já têm acontecido com idosos em instituições do concelho.

Pelo teatro vão passar ainda Luís Represas, dia 20 de Fevereiro, e o actor João Reis, com a peça “A Febre de Wallace Shawn”, dia 13 de Fevereiro. Estarão também nomes internacionais como Marc Copland, referência do jazz, dia 6 de Fevereiro, e Corey Harrey, um nome ligado ao reggae, dia 29 de Janeiro. Programação completa no novo site do teatro Virgínia em http://teatrovirginia.com/

 

publicado por Bruno Oliveira às 13:23
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

História do Rei Artur em cena no Arripiado

 

Grupo de teatro Fatias de Cá encena no miradouro do Arripiado a peça "Rei Artur", uma peça ao livre, que conta a história do famoso rei, aqui narrada pelo velho Merlin. Em cena este domingo, dia 12, pelas 18h18 no miradouro do Arripiado, na Chamusca, mesmo junto ao Castelo de Almourol. Mais informações e reservas pelo telefone 960303991 ou em www.fatiasdeca.net

publicado por Bruno Oliveira às 17:39
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Arthur Pendragon nas ruínas de Conimbriga

Às 19H19 do próximo domingo, nas Ruínas de Conimbriga, a Companhia de Teatro Fatias de Cá conta a Lenda da Rei Arthur. Depois da morte do rei Uther, Merlin enterra a Excalibur numa pedra e ali ficará até ser retirada por quem “for senhor de si mesmo e servo de todos.” É um rapaz chamado Arthur que a retira, tornando-se dessa forma o rei da Bretanha.

 

O elenco de 40 actores, inclui a participação de 30 crianças formando o exército que não precisou mais do que inteligência e paus afiados para derrotar o imponente invasor Saxão.

 

O velho Merlin é o narrador da história que decorre entre três anfiteatros ao ar livre das Ruínas que são o palco perfeito para reconstituir a Bretanha abandonada por Roma e completamente destruída.

 

Escrita por Carlos Carvalheiro, director artístico e encenador da Companhia de Teatro de Tomar, a realização da peça conta com a parceria do Museu Monográfico de Conimbriga e da Liga dos Amigos de Conimbriga.

 

Em cena desde 4 de Julho, continua todos os domingos, até ao último de Agosto, com excepção do dia 10 e 17 de Agosto. Rei Arthur tem a duração de cerca de três horas, incluindo jantar. As reservas podem ser feitas através do telemóvel 960 303 991, do fax 249 313 857 ou do e-mail 
 

publicado por ocheirodesantarem às 11:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Mercado de época em Torre...

. João Coração em Tomar

. Teatro Virgínia aposta em...

. História do Rei Artur em ...

. Arthur Pendragon nas ruín...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds