Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Fábrica do Nada abre a Torres Novas



O musical “A Fábrica de Nada” dos Artistas Unidos, é apresentada no Teatro Virgínia, em Torres Novas, no  dia 24 de Janeiro. A encenação é de Jorge Silva Melo.

A Fábrica de Nada estreou na Culturgest a 7 de Novembro de 2005 (apresentado até 14 de Novembro) e esteve em digressão na Casa das Mudas da Calheta, na Madeira (17 a 20 de Novembro), em Viseu no Teatro Viriato (6, 7 e 8 de Dezembro), em Montemor-o-Novo no Teatro Curvo Semedo (15 de Dezembro), em Beja no Teatro Pax Júlia (10 de Janeiro de 2006), em Guimarães no Centro Cultural Vila-Flor (13 de Janeiro), em Aveiro no Teatro Aveirense (17 e 18 de Janeiro), em Estarreja no Cine-Teatro (21 de Janeiro) e em Faro no Teatro Municipal (26 de Janeiro).
sinto-me:
música: a musical
publicado por ocheirodesantarem às 23:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Região deve aproveitar últimos apoios comunitários, diz Governador Civil



Foi ontem apresentado, no Governo Civil de Santarém, o Programa Operacional Alentejo (POA), no âmbito dos fundos comunitários, que inclui a região da Lezíria do Tejo. Até 2013, está previsto um investimento de 869 milhões de euros, num quadro de apoios que será o último disponibilizado pela União Europeia.
«Trata-se de um novo capítulo, porventura o último de captação de fundos comunitários, para aproveitamento de desenvolvimento do nosso país de um pacote financeira de tão elevada dimensão». Este apelo foi feito pelo Governador Civil que salientou ainda a importância da sessão, pois «enquanto região, devemos aproveitar esta oportunidade única para fazer um bom desempenho da realização daquilo que nos falta realizar e continuar a fomentar o espírito de coesão regional que tanto carecemos». Paulo Fonseca anunciou que Silvino Sequeira, Vogal Executivo do POA e ex-Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, tem já um espaço no Governo Civil, como forma de permitir às instituições da Lezíria do Tejo maior facilidade de participação e de acesso ao programa do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). O mesmo foi convite foi efectuado a António Paiva, Presidente da Câmara Municipal de Tomar, concelho integrado no Médio Tejo, entretanto eleito para as mesmas funções no âmbito do Programa Operacional do Centro. Para o Governador Civil, este é um contributo para «seguir o caminho da promoção da coesão inter-regional, que nos permita ultrapassar a tentação tão perversa em que temos caído tantas vezes que é o individualismo». Até porque, em 2013, a Lezíria e o Médio Tejo voltarão a ser uma só região através do Programa Regional de Ordenamento do Território, argumentou o representante do Governo, acrescentando que a «região será ainda pequena demais para atingir dimensão que é considerada aceitável para que possamos ser competitivos e vencedores». Por isso, importa que «possamos dar um contributo para nos assumirmos como uma região forte, coesa e absolutamente envolvida nas causas que, sendo de cada um aparentemente, são causa de todos», concluiu Paulo Fonseca.
O objectivo de Silvino Sequeira é fazer com que, «no final deste quadro comunitário, sintamos que contribuímos de algum modo para que a nossa região tenha evoluído e tenha aproveitado esta última oportunidade. Se assim for, valeu a pena». «O POA é uma porta sempre aberta para todos os agentes», acrescentou. O responsável confessou ainda que a criação de uma extensão da CCDR no Governo Civil representa igualmente o regresso a um edifício onde, «em termos afectivos, me sinto bem».
O POA contempla cinco Nomenclaturas das Unidades Territoriais (NUT’s) III – Alentejo Central, Alentejo Litoral, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Lezíria do Tejo -, num total de 58 concelhos, sendo que a sub-região ribatejana é a maior em termos demográficos e a segunda na lista do Produto Interno Bruto. São seis os eixos prioritários da estratégia estabelecida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo, apresentou a sua Presidente, Maria Leal Monteiro: competitividade, inovação e conhecimento; desenvolvimento urbano; conectividade e articulação territorial; qualificação ambiental e valorização do espaço rural; governação e capacitação institucional; e assistência técnica. Estas orientações do POA contarão com um investimento total de 869 milhões de euros, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.
Foram ainda anunciados na sessão os concursos no âmbito destes eixos que já se encontram abertos, que vão desde a regeneração urbana e o sistema de incentivos às empresas à requalificação da rede escolar, a acções de valorização e qualificação ambiental e ao património cultural. Uma das inovações mais relevantes do POA é a apresentação das candidaturas via electrónica, através da página www.ccdr-a.gov.pt.
A apresentação contou com a presença de diversos autarcas da Lezíria do Tejo, de representantes das forças de segurança, de serviços desconcentrados, da Comunidade Urbana, entre outros.
publicado por ocheirodesantarem às 16:17
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Janeiro de 2008

Constipado

Uma constipação deitou-me por terra nestes últimos dias. Espero recuperar rapidamente....
tags:
publicado por ocheirodesantarem às 22:00
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

Stephan Micus marca a reentré do Teatro Virgínia em Torres Novas



Stephan Micus é um multi-instrumentalista alemão (1953). Viajante incansável, percorreu todo o planeta em busca do contacto directo com os sons do mundo, aprendendo a tocar uma grande variedade de instrumentos. Considerado um autêntico eremita da música, Micus compõe, grava os seus próprios discos e toca todos os instrumentos ao vivo: o “sho” japonês, o “ki un ki”Siberiano, o “bodhran” irlandês, o “bolombatto” africano, entre outros. A sua intenção nunca foi tocar estes instrumentos da maneira tradicional, mas explorar novas possibilidades musicais.Das suas combinações instrumentais resultam belos diálogos que reflectem a sua visão sem fronteiras da música, desde a de raiz Africana, passando pelo folk Irlandês ou a música tradicional chinesa.

Dia 19 de Janeiro, às 21h30, no Teatro Virgínia, em Torres Novas
publicado por ocheirodesantarem às 21:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Espectáculos para crianças em Santarém

A sala de espectáculos do Teatro Sá da Bandeira, em Santarém recebe mais dois espectáculos no âmbito do projecto “A Escola vai ao Teatro”: “Quando os bichos se reúnem”, no dias  9 e 10 de Janeiro, às 10h00 e às  11h30 e “Eureka – Uma viagem ao mundo da Física”, no dia 16 de Janeiro, às 10h30.
“Quando os bichos se reúnem” é um espectáculo integrado no projecto La Fontaine, da companhia Bica Teatro com texto de Margarida Fonseca Santos. A história passa da disputa das contadoras, para a mescla de histórias e contos. Que depois de algumas indefinições, optam por uma história de La Fontaine a quatro mãos e com vários jogos lúdicos, onde a participação activa do público nos reserva um final surpreendente e divertido.
Já “Eureka – Uma viagem ao mundo da Física” é desenvolvida em parceria com o Museu de Física da Universidade de Coimbra e alicerçada num discurso simples e dinâmico (Clown, gesto, música, dança, malabarismo). A peça tem como protagonista o senhor. Eureka, empregado de limpeza que é contratado para limpar a casa do famoso físico Alberto Maçanov. Sem saber, o Senhor Eureka embarca numa fantástica viagem ao mundo da física...
publicado por ocheirodesantarem às 12:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Apanhados a fumar

Com 15 anos, o Luizinho tinha medo de ser apanhado a fumar atrás do pavilhão da escola. Com 45 tem medo de ser apanhado a fumar no café...
tags:
publicado por ocheirodesantarem às 12:25
link do post | comentar | favorito

Por Favor, fechem a porta!

publicado por ocheirodesantarem às 11:37
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

O barroco em Santarém

“O barroco em Santarém” é o tema da próxima conferência que será proferida por José Alberto Gomes Machado e realiza-se no dia 5 de Janeiro ás 16h00, na Sala de Actos da Diocese de Santarém, situado no edificio da Seminário, a que se segue uma visita guiada à Sé Catedral. Este evento está inserido nas festividades organizadas pela Real Irmandade do Santíssimo Milagre de Santarém, da celebração do 11º aniversário da designação da Igreja do SSmo. Milagre como Santuário.
publicado por ocheirodesantarem às 10:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Mais iluminação em Tomar


A rede de iluminação pública do concelho de Tomar vai ser totalmente remodelada já a partir de Janeiro. A parceria entre a autarquia e a EDP foi formalizada no contrato assinado no passado dia 28 de Dezembro, que agenda a conclusão da obra para o primeiro trimestre de 2009. A renovação prevê ainda a colocação de mais 1600 postes de iluminação pública.

 

A Câmara de Tomar e a EDP assinaram no passado dia 28 de Dezembro a renovação do contrato de concessão de energia que prevê a remodelação de toda a rede de iluminação pública do concelho. A ser homologado em reunião de Câmara de 3 de Janeiro, o contrato prevê ainda a colocação de mais 1600 BIPs – Braços de Iluminação Pública. A intervenção vai ter início já este mês e prevê-se a conclusão dos trabalhos para o primeiro trimestre de 2009. Uma obra que terá o acompanhamento do Departamento de Obras da autarquia.

 

Em causa estão duas alterações fundamentais. Em primeiro lugar, e em relação aos BIPs existentes (que são aproximadamente cinco mil), a EDP substituirá as lâmpadas e as respectivas armaduras. O objectivo é aumentar a iluminação, mas reduzir o consumo. Por isso, as antigas lâmpadas vão passar de 50 W de mercúrio para 70 W de VSAP – Vapor de Sódio de Alta Pressão, que garante mais luz com consumos semelhantes.

A alteração mais significativa ao estado actual da iluminação pública do concelho é que, depois da obra, existirão mais pontos de iluminação. Mais de 1600 BIPs vão ser colocados e adicionados aos já existentes.

A colocação dos novos BIPs obedece aos estudos de análise feitos pelo Instituto Politécnico de Tomar, à própria análise da autarquia e também aos pedidos das juntas de freguesia. Partindo do princípio de que era nas freguesias fora da cidade que existia maior carência de iluminação pública, a intervenção é programada de acordo com a classificação definida em PDM (Plano Director Municipal)

 

Assim:

- Nos núcleos de nível II - as sedes de freguesia e aglomerados com mais de 500 habitantes – vão ser substituídas as lâmpadas e respectivas armaduras e colocados mais 571 novos BIPs.

- Nos núcleos de nível III – aglomerados entre 250 e 500 habitantes – o processo repete-se na iluminação já existente e vão ser colocados mais 393 BIPs.

- Nos núcleos de nível IV – aglomerados com menos de 250 habitantes – os 2540 BIPs de tipo rural passarão a AX1 e serão colocados mais 600 novos BIPs.

 

A EDP tinha já feito uma intervenção de experiência nos aglomerados de Cerejeira, Juncais e S. Pedro. Nestes aglomerados as lâmpadas de 100W vão ser alteradas para 70 W em VSAP.

De referir ainda que a rede de iluminação pública actualmente aérea passará a subterrânea nas principais vias de acesso à cidade, acompanhando as obras de requalificação que a Câmara Municipal está a prever levar a cabo durante este ano e seguintes. Os 250 BIPs nos troços entre os nós do IC3 na Zona Industrial, Alviobeira e Valdonas até à entrada da cidade de Tomar vão também passar de 50 W para 100 W em VSAP.

 

O contrato agora assinado reflecte um trabalho de análise e negociação que tem vindo a decorrer desde Maio de 2004, altura em que vencia o contrato de 20 anos assinado entre a Câmara e a EDP em 1984. Reflecte ainda um esforço conjunto entre o Departamento de Obras da Câmara, o IPT e a EDP.

Em reunião de Câmara de 14 de Agosto de 2007 o executivo delegou em António Paiva, presidente da autarquia, a liderança do processo de negociação e apresentação da proposta à EDP.

 

Em reunião informal com os vereadores do executivo, imediatamente anterior à reunião da Assembleia Municipal de 21 de Dezembro de 2007, António Paiva informa a Câmara e logo a seguir os deputados municipais de que a EDP estava disposta a assinar o contrato nas condições esperadas pelo Município na reunião de Agosto, facto que se verificou em 28 de Dezembro de 2007.


publicado por ocheirodesantarem às 10:51
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Janeiro de 2008

Feliz ano Novo

Blá blá blá, Feliz Ano Novo, blá blá blá!!!
música: a camarão
publicado por ocheirodesantarem às 11:28
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. teste live

. O cheiro a silêncio em Sa...

. Debate EM DIRECTO entre o...

. Fotos 02/06

. Feira da Agricultura de 5...

. Deolinda em Torres Novas ...

. "Moranguitos" promovem tu...

. Bruno Nogueira filma "ske...

. Benfiquistas comemoram tí...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds